Primeira reunião da Campanha Salarial 2019 construiu a agenda de negociações

2
1788


Além de apresentar a nova Secretária de educação, a prefeita destacou que até o fim deste mês quer ‘bater o martelo’ quanto aos pontos da Pauta

A ASPROLF iniciou, na manhã de hoje (02), no Centro de Cultura de Portão, as rodadas de negociações com o Executivo da Pauta reivindicatória 2019.

A prefeita Moema Gramacho iniciou a reunião parabenizando a categoria pelos avanços construídos na última Mesa paritária de negociações e expressando o desejo de que, neste ano, os diálogos continuem produtivos e em direção à melhoria da qualidade da educação pública de Lauro de Freitas. Após este momento, ela apresentou a nova Secretaria da Educação do Município, Vânia Galvão, destacando sua história de luta pela defesa da educação nos vários espaços em que ela atuou.  Sobre a falta de professores na Rede, Moema afirma que este déficit ocorre porque está havendo dificuldades em concluir a contratação dos profissionais em Regime REDA, devido à quantidade de desistências. “Tudo está sendo trabalhado para que esta semana todas as pendências com profissionais sejam supridas,” garantiu.

Além dos diretores da ASPROLF e dos representantes dos diversos segmentos da categoria da Comissão Paritária, estavam à mesa os Secretários de Administração (Ailton Florêncio), Fazenda (Luiz Antônio), Governo (Lula Maciel) e a secretária da SEMED Vania Galvão que de início já demostrou interesse em resolver as pendências das escolas, informando que na próxima segunda-feira (08), começa uma série de visitas às unidades.

Aproveitando o assunto sobre pendências, o presidente da ASPROLF, Valdir Silva, pediu providências a prefeita no que diz respeito às interpretações equivocadas realizadas pela Procuradoria do Município do Estatuto do Magistério que vêm prejudicando direitos dos profissionais. Valdir também falou da necessidade de continuar avançando na liberação dos processos. “Há um acordo de sair, mensalmente, 13 processos horizontais e 3 verticais, no entanto, chegaram 63 novos processos de avanços verticais, o que cria a necessidade de um novo acordo no cronograma de publicação dos processos, ampliando o número de avanços.”  Moema concordou em dar continuidade às liberações de acordo com as discussões da Comissão de Processos.

Neste primeiro encontro da mesa de negociação, além de servir para a apresentação da nova gestora da pasta, teve a estrita finalidade de criar uma agenda de negociações. Moema destacou que até o fim de abril quer encerrar a mesa, e propôs que antes de discutir o Eixo I da Pauta, a Fazenda e a Administração façam um estudo de avaliação de impacto financeiro.  “Enquanto aguardamos esse estudo vamos tratando dos outros eixos. Meu objetivo é encerramos tudo no dia 26/04.”

O cronograma de reuniões acordado na mesa ficou da seguinte forma: Além da de hoje, mais cinco reuniões que acontecerão sempre nos dias de segunda às 14h e sexta-feira às 10h, exceto nos dias 05 e 19 de abril, sempre no Centro de Cultura de Portão.

2 COMENTÁRIOS

  1. Meninos nas escolas estão faltando cuidadores e outros profissionais .Como ficaram esse acordo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here