Após pressão de trabalhadores Governo recua e mantém acordo de mesa de negociação

0
355


Em nova reunião convocada agora a noite pela presidência da Câmara junto com o governo municipal, ASPROLF e representante dos auxiliares de classe, chegou-se a seguinte proposta de consenso:

PARA OS AUXILIARAM ES DE CLASSE: 4% abril; 4% em agosto; condicionado a legalização do regime de 40 horas para essa categoria; sendo que enquanto não legaliza, o auxiliar de classe poderá desdobrar (com mais 20 horas extras), havendo vacância.
Essa reunião foi uma resposta à polêmica criada pelo Executivo ao enviar de forma modificada para votação na Câmara, o Projeto de Reajuste Salarial dos Trabalhadores em Educação. 
Os auxiliares de classe que durante a plenária da manhã na CMLF, estavam bastante preocupados, receberam bem a notícia do resultado desta última reunião. “Asseguramos um dos principais pleitos do segmento: a possibilidade de dar 40hs. 

Daisy Macedo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here