#13A: ASPROLF levou caravana para ato unificado em Salvador

0
491

Trabalhadoras e trabalhadores de diversos setores, sindicatos, movimentos sociais e estudantes ocuparam na manhã desta terça-feira (13/08), as ruas do Campo Grande em Salvador para pressionar o governo contra o fim da aposentadoria e contra o desmonte da educação pública promovido pelo governo Bolsonaro.

Representados pela ASPROLF, os trabalhadores da educação da rede pública municipal de Lauro de Freiras saíram em caravana para dizer NÃO À DESTRUIÇÃO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA E NÃO AO FIM DA APOSENTADORIA.

Puxado pela CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, o #TsunamiDaEducação aconteceu durante todo o dia de ontem em todos os Estados e no Distrito Federal.

Uma das principais pautas da Paralisação Nacional é a lutacontra os cortes no orçamento da Educação promovidos pelo (Des)governo de Jair Bolsonaro, que entre outros atos de ataque à pasta, está remanejando dinheiro do Ministério da Educação para pagar a promessa aos Deputados que votaram a favor da Reforma da previdência, liberando emendas parlamentares O corte que compromete toda a educação pública, será de quase 1 bilhão de reais. No último dia 07/08 um novo bloqueio de cerca de 348 milhões no orçamento do MEC foi autorizado por Bolsonaro.

Estes terríveis ataques do governo contra a educação pública e contra os direitos dos trabalhadores têm sido reconhecido pelos dirigentes sindicais como “o maior desde 1964”.

Por isso o dia do #13A foi mais um dia histórico em que parou todo o País na luta contra os desmontes da educação pública e em defesa do direito à aposentadoria e dos direitos sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here