ASPROLF parabeniza o SIMPI pela importante vitória no TRT5.

0
643

Após mais de setenta dias de greve, setenta dias de movimento de luta por direitos básicos, como receber salário e o piso salarial do magistério, os professores de Itabuna, através do SIMPI – Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna, enfrentaram 450 quilômetros de estrada, em ônibus fretado, para encher a audiência no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região e conseguir uma importante vitória em Salvador. No acordo, firmado entre sindicato e prefeitura, entre outras coisas, a prefeitura regularizará salários atrasados até o dia 20 deste mês. Apesar dos avanços, a luta das companheiras e companheiros de Itabuna continuará, pois a prefeitura ainda insiste em não reajustar o salário de acordo com o piso salarial definido por lei federal. Outra audiência ficou marcada para o dia 6 de dezembro.

Ironicamente, esse capítulo da luta das professoras e professores de Itabuna pelo piso salarial, se dá na mesma semana em que o judiciário teve seu teto aumentado em 16,38%. Enquanto professoras e professores Brasil afora, lutam, incessantemente, para que Estados e Municípios tenham a decência de pagar o PISO, o mínimo possível, o judiciário baliza pelo TETO salarial, o máximo permitido, suas lutas por aumento.

Tais imoralidades fazem com que o Brasil figure em pesquisas internacionais como o país que menos valoriza o professor no mundo. No último dia 8, a revista Superinteressante divulgou uma pesquisa ( a Global Teacher Status Index) realizada entre 35 países pela Fundação Varkey, que realiza a mais importante pesquisa nessa área em que o Brasil caiu para a última posição (Veja a matéria da Superinteressante aqui e veja o relatório completo da Global Teacher Status aqui).

A ASPROLF Sindicato parabeniza o SIMPI pela luta responsável e pela atuação sem reservas na defesa dos direitos das professoras e professores de Itabuna e, também, parabeniza todos e cada um professor que se engajou nessa luta, mesmo tendo que lidar com os ônus de quem se dispõe a lutar por direitos e por educação pública de qualidade. Estejam cientes de que a resistência e o modo como vocês estão conduzindo essa luta é uma inspiração para todas e todos que acreditam na educação pública.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here