ASPROLF REPRESENTA SERVIDORES NA SEMED PARA TRATAR DE PROBLEMAS NA REDE

0
382

Representados pelo ASPROLF, profissionais da educação das escolas municipais de Lauro de Freitas se reuniram na manhã de hoje (23), na SEMED com o secretário de educação Paulo Gabriel Nacif para tratar sobre os problemas da educação.
Na pauta, o assalto ocorrido na Escola Municipal Ismael Ornelas, quando, segundo denúncia, dois assaltantes invadiram a unidade de ensino e assaltaram funcionários. A facilitação da ação criminosa se deu por conta do não funcionamento do portão da escola que está quebrado e não fecha totalmente, além da ineficiência da Ronda Escolar, fruto do déficit de servidores promovido pela prefeitura.
E essa falta de estrutura nas escolas que foi tema de reportagem na TV Record (escola Príncipe da Paz), através de denúncia de pais de alunos, gerou – segundo informações que chegaram ao Sindicato, profissionais da Príncipe estavam sendo coagidos pela SEMED.
O presidente do sindicato, Valdir Silva, informou ao secretário que a deliberação da categoria ontem (22) à tarde na assembleia geral extraordinária foi de não à perseguição contra os trabalhadores. Caso isso aconteça, haverá um levante da classe trabalhadora contra o governo, além de denúncia nos principais meios de comunicação da Bahia.
Sobre a situação da Ismael Ornelas, o secretário Paulo Gabriel disse, apenas, que na próxima segunda-feira novos funcionários deverão se apresentar nas escolas e que com isso, a prefeitura espera resolver o problema da baixa de pessoal. Sobre as ameaças aos servidores da Escola Príncipe da Paz, ele afirmou que não existe e nem existirá.

Da SEMED o representante do Sindicato foi chamado no Centro Educacional Infantil Dr. Djalma Ramos, onde uma equipe da TV Bahia estava cobrindo a denúncia de uma mãe de aluno especial, sobre a falta de profissional Cuidador para atender a esses alunos. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here