Assembleia indica provocação ao MP no caso da rescisão dos contratos REDA.

1
913

Como definido pela Assembleia a ASPROLF, através de seu presidente Valdir Silva, procurou o Executivo Municipal para levar a proposta de revogação do ato administrativo que encerrou os contratos dos profiisionais em regime de contratação REDA. Infelizmente, mesmo diante de uma pauta sensível como esta, a ASPROLF não conseguiu pauta nem com a Secretaria de Administração, nem com a Prefeita. A ASPROLF sempre logrou êxito com o insistente diálogo e tentará uma conversa com o executivo nos próximos dias antes de pedir a mediação do Ministério Público. Cerca de mil profissionais da educação tinha contratos REDA com a prefeitura, e entre estes 600 são professores que ficarão sem renda em meio a pandemia. Além do prejuizo aos profissionais cerca de 28 mil alunos podem ser prejudicados no retorno às aulas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here