Considerações sobre Paulo Freire nos seus 100 anos

0
263

1. Um respeitado pedagogo, que ficou conhecido no Brasil e no mundo, com suas contribuições para a educação popular.
2. Um cristão, que tudo que fazia estava alinhado com sua fé, embasando-se numa teologia libertadora.
3. Um eterno aprendiz, cuja formação foi influenciada, primeiro, pelo neotomismo, em seguida pela fenomenologia, pelo existencialismo e pelo neomarxismo.
4. Um escritor, que deixou seu legado nos muitos livros: Primeiro livro: Educação como prática da liberdade (1965); Pedagogia do oprimido (1970). Outros escritos: Cartas à Guiné-Bissau e Vivendo e aprendendo. A importância do ato de ler, A educação na cidade, Pedagogia da esperança e Pedagogia da autonomia – publicados ao retornar do exílio.
5. Um educador, que com seu método alfabetizou 300 trabalhadores do campo em 45 dias, influenciando o então governador Miguel Arraes de Pernambuco e o governo federal que adotaram seus métodos.
6. Um militante político da cultura popular, que fez parte do Movimento de Cultura Popular (MPC) de Recife, sendo preso e exilado pelo governo militar em 1964.
7. Um apóstolo da educação, que levou seus ideais para o Chile, Genebra, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Angola, São Tomé e Príncipe, Nicarágua.
8. Um intelectual, que assumiu cargos nas universidades.
9. Um político, que assumiu a secretaria municipal de educação de São Paulo.
10. Um grande homem que viveu o que estamos vivendo nos tempos atuais e não desistiu da educação nem de, por meio dela, transformar a realidade que o cerca, nos incentivando a continuar a lutar por meio de dois combustíveis fundamentais: a esperança e o sonho.
Viva ao centenário de Paulo Freire!

Valdir Silva é professor de Língua Portuguesa e atual presidente da Asprolf Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Ensino de Lauro de Freitas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here