Hoje é o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência

0
111

O destaque vai para a cientista negra baiana, Dra. Jaqueline Goes, que em apenas 2 dias mapeou o genoma do Coronavírus e deu o pontapé inicial para a descoberta da vacina

Criado no ano de 2016, o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, comemorado hoje (11/02), tem um significado ainda maior nestes tempos de combate à pandemia mundial causada pelo novo Coronavírus, onde a ciência foi e tem sido essencial para a sobrevivência humana.  

Quando a ONU (Organização das Nações Unidas) criou a data, tinha como objetivo honrar nomes como os das cientistas Marrie Curie (Polônia), Nettie Stevens (EUA), e Rosalind Franklin (Inglaterra), mas muitos outros nomes estão mundialmente homenageados nesse momento.

No auge da crise do coronavírus, os holofotes do mundo inteiro se voltaram para a cientista baiana Jaqueline Goes de Jesus (30 anos), que apenas 48 horas mapeou os primeiros genomas do coronavírus. Um feito  reconhecido mundialmente como da maior importância para as pesquisas dessa vacina da covid-19. Mulher negra, soteropolitana, biomédica e Mestre em Biotecnologia aconselha: “É possível mudar o mundo através da educação. Nós precisamos comprar essa ideia e exigir das autoridades no assunto investimento, qualidade e equidade de oportunidades.” Viva a Ciência! Viva as Mulheres e as Meninas Cientistas do mundo todo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here