Moção de apoio ao Sindtec Correntina

0
941
O prefeito Maguila foi condenado este ano pelo MPF por desvio de 41 mil do Salário-Educação

O ASPROLF – Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Lauro de Freitas, entidade representativa de mais de 2500 servidores públicos, filiada a Federação do Trabalhadores em Educação dos Municípios da Bahia (FTE-BA) vem a público declarar o seu apoio ao Sindtec (Sindicato dos Trabalhadore em Educação do Município de Correntina), nesse mais novo contexto de embate político com o Poder Executivo Local. Lamentavelmente, a Prefeitura do senhor Maguila desconsiderou o Termo de Ajuste de Conduta – TAC firmado com o Ministério Público que estabelecia a obrigatoriedade do pagamento do salário dos profissionais da Educação até o quinto dia útil. Se não bastasse a desobediência ao acordo com órgão fiscalizador das leis que é o MP, o prefeito arvora-se a pagar o pessoal da Educação por grupos, priorizando alguns pagamentos em detrimento de outros, ato que ataca de forma grotesca o princípio da isonomia. Diante desses fatos, o ASPROLF repudia mais esse atentado à democracia nesse município. Cabe aos prefeitos da Bahia a tarefa de valorizar os servidores da Educação. É nos municípios onde estão os maiores percentuais das matrículas da Educação Básica e por este motivo defendemos a necessidade de uma política clara de valorização desses servidores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here