Plenária Eleições: Moema reassume compromisso com a educação

0
155

A Asprolf realizou na última terça-feira (29), no restaurante D’Meg, a Plenária Eleições 2020, com a candidata Moema Gramacho, num evento presencial – obedecendo os protocolos da OMS – e online (via Youtube e Facebook), com mais de 950 participantes. 

O evento foi aberto pelo diretor de Assuntos Educacionais da Asprolf (Washington Cardoso), que falou da importância da luta dos trabalhadores e das escolhas estratégica nos embates pela conquista e garantia dos direitos da classe trabalhadora. Ele destacou que o objetivo do encontro entre a candidata Moema e os profissionais da educação, foi para que ela apresentasse novas propostas para a pasta, além do resultado das demandas já discutidas com o sindicato.

O presidente Valdir Silva, destacou que a Asprolf promove essa atividade em pleno contexto político de total desagravo aos trabalhadores, que além da crise sanitária, sofrem terríveis ataques de um (des)governo que não pensa na classe trabalhadora e, desde janeiro, vem promovendo reformas que usurpam cada vez mais os direitos e a dignidade da classe trabalhadora e da população pobre como um todo. No caso dos servidores, a mais nova tentativa de golpe é a Reforma Administrativa que centraliza o poder nas mãos do governo federal, dando a ele o ‘direito’ de destruir cargos públicos, causando ameaça a estabilidade do Estado.

E o mais recente ataque da dupla inimiga da educação pública Bolsonaro-Guedes, é a escandalosa proposta para limitar o pagamento de precatórios para bancar a Renda Cidadã – substituto do Bolsa Família. Cerca de 8bi de reais serão usurpados do Fundeb, o que vai prejudicar 17 milhões de alunos da educação básica em todo o País. A Asprolf repudia todo e qualquer ataque aos diretos dos trabalhadores e às populações mais necessitadas.

Moema esteve na plenária junto com o candidato a vice (Vidigal Cafezeiro), que falou da importância da educação como mola propulsora para a transformação da sociedade. Moema reconheceu que a Asprolf como sindicato aguerrido não se restringe apenas às lutas específicas dos trabalhadores da educação de Lauro de Freitas, “a Asprolf tem ao longo de sua história ampliado sua representação no Estado e nas questões nacionais que dizem respeito aos trabalhadores; isso resulta na força do sindicato. Parabéns à essa categoria pelo sindicato que tem.” 

Ela destacou o entendimento de negociações nos diálogos com a Asprolf que de forma equilibrada e inteligente tem feito a luta num momento como o atual. “O diálogo é um instrumento de luta, graças ao bom diálogo estamos cada vez mais avançando nas conquistas que melhorem a vida do trabalhador da educação e da educação pública municipal.”

Ela lembrou que a construção do estatuto do Magistério construído pela Asprolf em seu primeiro mandato como prefeita; foi uma luta dos educadores que teve a parceria da prefeitura naquele momento. Moema afirmou que o compromisso com o Estatuto continua com o debate e acordos que valorizem a classe trabalhadora, como a garantia da promoção de uma educação inclusiva e da atualização do Piso do Magistério, por exemplo.

Para este, que, caso eleita, será o seu 4º mandato, Moema diz ter consciência que muito há para fazer.  Ele disse ainda estar atenta às questões dos direitos dos trabalhadores e que vai trabalhar pela manutenção da garantia desses direitos. Moema lembrou que teríamos um concurso público esse ano que foi suspenso em função da pandemia do novo Coronavírus; “nossa gestão foi a que mais fez concurso público e vamos continuar. Temos legado, história e projetos para a educação.”

A plenária também teve a voz da CNTE, através de Cleiton Gomes, que é Secretário de Assuntos Municipais da Confederação, Cleiton enfatizou a importância do respeito do Executivo à Asprolf  e que isso deveria ser copiada por outros gestores em outros lugares também; também da união na luta contra a Reforma Administrativa que quer desqualificar o serviço público no Brasil, “precisamos estar juntos, fortes e unidos para derrotar esse governo e qualquer outro que ameace nossos direitos.”

Carlos – Diretor Financeiro da Asprolf, enfatizou os compromissos para esse ano feitos por Moema como a categoria, como o cumprimento da atualização do piso, o pagamento dos retroativos já confirmados pelo Executivo e os enquadramentos, como demais processos que aguardam liberação. “Moema tem como cultura cumprir a Lei do Piso e novamente vai cumprir.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here