Prefeitura e professores decidem manter suspensa consulta pública em sete escolas

0
426
Publicado em 07/12/2018 às 21h20.

Prefeita Moema Gramacho disse que suspensão ocorreu para “garantir a segurança e o respeito dentro do ambiente escolar”

                                                                                                                       Foto: Edgard Copque/Ascom

A Prefeitura de Lauro de Freitas e os profissionais da educação no município decidiram nesta sexta-feira (7) manter a suspensão do processo de consulta pública para gestores escolares em sete unidades da rede municipal.

O acordo ocorreu em encontro realizado por representantes sindicais e a prefeita Moema Gramacho, que ouviu as colocações de candidatos a gestor e propôs a integração de membros da comunidade na comissão organizadora da consulta pública.

“Suspendi a consulta pública nas sete escolas para garantir a segurança e o respeito dentro do ambiente escolar, pois recebi várias denúncias que me preocuparam e que não poderia deixar sem nenhuma tomada de decisão. Não podemos manter um processo democrático quando se tem a constatação de irregularidades” disse a prefeita.

Os candidatos a direção das escolas são Catarina de Sena, Edivaldo Boaventura, Dr. Paulo Malaquias de Mello, Quingoma, Mário Covas, Dom Avelar Brandão Vilela e José dos Santos Paranhos.

As análises para retomada da consulta pública serão feitas durante o recesso escolar, quando a comissão organizadora mais os dois membros da comunidade e a prefeita tomarão decisões em consonância com a legislação.

“As eleições de gestores escolares foi implantada no município em 2007 na minha gestão, houve interrupção na administração passada e agora estou reconstruindo. Lamento que tenha ocorrido inconsistências nessas escolas. Peço a compreensão de todos para que possamos de maneira acertada tomar as melhores decisões”, afirmou Moema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here