Reunião com a prefeita

0
426

Na manhã desta quarta-feira, 05, data em que foram depositados os salários dos servidores CT’s, a comissão da Asprolf se reuniu com a chefa do Executivo, no Centro de Cultura de Portão, para discutir as exigências deliberadas na última assembleia dos trabalhadores em educação. Estiveram presentes na reunião os representantes da categoria Valdir Silva, Raimundo Filho, Carlos José, Luciano Soares, Lázaro Campos e Vanusa Alcântara; a prefeita Moema Gramacho e a secretária de administração, Leila Inglid.
Ao dar início à reunião, a prefeita fala da situação que a prefeitura está passando no que diz respeito aos trabalhadores CT’s. Segundo ela, o Ministério Público exigiu a realização de concurso público e a demissão dos contratados, na condição de suas contas serem rejeitadas e bloqueadas pelo Tribunal de Contas do Município, caso não cumpra com as exigências do MP. Acrescentou ainda que segurou o máximo que pôde, mas que agora o momento é muito delicado.
O coordenador geral, Valdir Silva, informou que, embora seja realizado o concurso público, é preciso articular esforços entre a Asprolf e a prefeitura no intuito de amparar nas formas legais esses trabalhadores que iminentemente perderão suas rendas. Ademais solicitou da prefeita que a Asprolf participe diretamente desse assunto, a fim de contribuir com sugestões. A prefeita acenou positivamente à solicitação feita.
A Asprolf continuou a fala deixando a prefeita ciente de que antes da publicação do edital do concurso público, é preciso definir a situação do enquadramento e da dedicação exclusiva. “Não aceitaremos abertura de vagas no edital do concurso, sem antes definir as vagas do enquadramento e da dedicação exclusiva”, afirma Silva. A prefeita se posicionou favorável ao enquadramento e falou que haverá uma reunião hoje à tarde (05) com a secretária Leila Inglid e com o secretário de educação Paulo Aquino. Além disso, solicitará de Aquino todos os pedidos dos servidores que requereram enquadramento para analisar se é possível enquadrar a todos. Quanto à dedicação exclusiva, ela também é favorável, mas antes precisa estudar o impacto financeiro. Para a reunião com o secretário Paulo Aquino, a prefeita levará também os reclames da Asprolf quanto à Avaliação de Desempenho que não foi pago, durante os anos de 2009 e 2010, nem foi formada a comissão que realiza a avaliação.
Outro assunto importante na reunião foi o atraso dos ticket’s de alimentação. A Asprolf solicitou da prefeita que o ticket seja incluído na folha de pagamento. Moema Gramacho disse que já fez o pagamento do boleto do ticket do mês de dezembro e que só está esperando a empresa entregar. Também analisará com a secretaria da fazenda e a procuradoria a possibilidade de colocar o ticket no contracheque.
Outras informações importantes – Os trabalhadores contratados que não tiverem seus contratos renovados emergencialmente terão suas rescisões, possivelmente, entre os dias 08 e 09 de fevereiro. É possível que o 1/3 de férias dos servidores efetivos será pago até o dia 10 de janeiro. Quanto aos problemas dos planos de saúde Unimed e HapVida, a secretária de administração juntamente com a procuradoria farão uma chamada pública para provável mudança dos planos
This site was grabbed using the TRIAL version of Grab-a-Site. This message does not appear on a licensed copy of Grab-a-Site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here