Sessão da Câmara é adiada por pequeno problema no som e PL 72 fica prejudicado

0
364

Prometido pelo presidente da Casa Legislativa, vereador Antônio Rosalvo, que o PL nº 72 seria votado na Sessão Ordinária da Câmara hoje, mais uma vez os trabalhadores em educação tiveram o gosto amargo de não ver seu pleito ser votado. Isso porque, de acordo com informações da própria casa dos edis, houve um pequeno problema no som.

Quando os trabalhadores em educação chegaram para a Sessão foram informados do seu adiamento, o que trouxe frustrações a todos. Mesmo assim, o coordenador geral da entidade sindical, Valdir Silva, levou os servidores para dentro da Câmara para conversar com os poucos vereadores presentes (vereador Manoel Carlos, vereador Mateus Reis, vereador Erasmo Moura). Em seguida, compareceu também o vereador Fausto Franco. Eles explicaram a situação do PL e informaram que a procuradoria legislativa apresentou parecer de inconstitucionalidade do PL 72.
O relator da Comissão de Educação, pelo contrário, apresentou parecer favorável ao PL 72 e aguarda assinatura de pelo menos mais dois membros para que esse parecer seja válido e possa ser apreciado pelo plenário da Câmara, e, claro, votado favorável. Se isso ocorrer, o PL 72 segue sua tramitação com possibilidade de ser aprovado. Caso contrário, o Projeto não poderá entrar em pauta nem seguir tramitação.

Confira abaixo o documento do Parecer Técnico da Comissão de Educação e as imagens dos trabalhadores na Casa Legislativa:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here