Trabalhadores em educação aprova paralisação com ato público no dia de mobilização nacional dos funcionários da educação

0
285

Trabalhadores/as aprovam paralisação na rede municipal de ensino
Em assembleia realizada na manhã dessa quinta-feira (24), na Escola Municipal Solange Coelho, na Itinga, os/as trabalhadores em educação aprovaram proposta de paralisação com ato público no dia de mobilização nacional dos funcionários da educação, além de manifestação no plenário da Câmara.
A manifestação e a paralisação são consequência da não resposta do governo ao ofício protocolado pelo sindicato informando a decisão da última assembleia da categoria. Por conta disso, haverá a seguinte agenda de atividade:
29/10 (terça-feira): manifestação no plenário da Câmara, às 14h, com cartazes reivindicando rescisão, enquadramento, dedicação exclusiva e a urgência do projeto de lei da redução da jornada de trabalho;
30/10 (quarta-feira): paralisação com ato público, em frente à prefeitura, às 09h, também com cartazes com as mesmas reivindicações.
Além dessas reivindicações, serão também pauta do dia 30, o direito à formação e valorização dos não docentes, mais investimento no Profuncionário, o cumprimento da lei 12.796/2013, contra a terceirização, abertura de concurso público, profissionalização, carreira e piso.
Eleições da ASPROLF –  A categoria elegeu a comissão eleitoral para as Eleições do Sindicato dos Trabalhadores em Educação que acontecerá no dia 19 de novembro. Os nomes eleitos foram das professoras Esmeralda e Rita; e do professor Jaguaracy.

Um comentário:

  1. O Professor Jaguaracy foi escolhido como preceitua o Estatuto da Entidade. Vamos conhecer o Estatuto senhoras e senhores sindicalizados? Conhecendo-o muita coisa será evitada.

    Responder

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here