Forró dos 30 Anos: Trabalhadores festejaram história de luta

0
140

A ASPROLF realizou nesta sexta-feira (7), à noite na AFPEB, a 10ª edição da concorrida e tradicional festa junina do sindicato. Com uma celebração especial, o Forró dos 30 Anos, festejou as três décadas de fundação da entidade sindical, que desde abril de 1989, luta pelas garantias dos direitos individuais e coletivos dos profissionais da educação e por uma educação pública de qualidade.

Foto: ASPROLF

O Forró foi aberto pelo presidente da ASPROLF, Valdir Silva que falou da representatividade histórica da entidade sindical e convidou os ex-presidentes e coordenadores Marcelo Santana, Marlene Bispo, André Barreto e Edson Paiva presentes na festa para homenageá-los. A professora Simone Guimarães que não pode comparecer, também foi homenageada.

“Embora tenha sido fundada oficialmente em 1989, esses companheiros que fundaram a ASPROLF, já se reuniam em1987, quando formaram um núcleo para debater as questões da classe trabalhadora, sempre no desejo de dar aos professores melhores condições de trabalho, salário justo e sobretudo, dignidade ao profissional do magistério”, destacou Valdir.

Já naquela época os diretores, como a professora e presidente da época, Marlene Bispo exemplificou, tinham pautas pensadas para o futuro: “o vale transporte, a reposição das perdas salarias, Piso do Magistério, concurso público, conta no banco e até a licença maternidade, eram coisas que não existiam, mas nós reivindicávamos mesmo assim”.

Edson Paiva – o quinto coordenador geral do sindicato, falou da credibilidade e importância que a ASPROLF tem hoje em dia. “Os avanços conquistados, tudo o que temos e somos hoje agradecemos aos companheiros que começaram esta luta antes de nós. Avançamos muito e podemos mais”.

Foto: Lucas Lins

Quem também esteve presente na noite, foi a Prefeita Moema Gramacho e o Deputado Federal Sgt. Isidório. Moema parabenizou a categoria pelo sindicato que tem, e disse que estamos festejando os frutos da luta do cotidiano. “Parabéns por esses 30 anos principalmente nesse momento muito difícil que estamos vivendo, um momento de retrocesso no País, de subtração de direitos e a gente vê na ASPROLF um sindicato que resiste, luta e vai para as ruas para garantir suas conquistas e novas lutas. Que todos os trabalhadores da educação se sintam homenageados nesse dia”.

A festa com muito licor, cerveja e comidas típicas foi animada do início ao fim pelo Trio Dendê e a banda de Gabriella Oliveira, que como sempre, lotou o salão e não deixou ninguém parado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here