Trabalhadores da educação mantêm grev​e​ em Lauro de Freitas

0
811

da Redação

Atualizado em 14 de maio de 2015 às 13:47

Os trabalhadores da educação de Lauro de Freitas deflagraram greve da categoria, prevista para próxima segunda-feira (18). A Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF) alega ter dialogado com os docentes, mas nenhum acordo foi firmado entre as partes.

Foram seis reuniões realizadas entre governo e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Lauro de Freitas (Asprolf), sempre com a presença do titular da Secretaria de Educação (Semed), Marcelo Abreu, para discutir e buscar soluções, dentro da legislação e condições do município.

Na reunião mais recente realizada na semana passada, após apreciação da proposta apresentada pela PMLF, a categoria aceitou, na presença dos também secretários, Ney Campello (Ações Estratégicas) e Márcio Leão (Governo), o reajuste do piso de 10% – maior que o nacional, a ser totalmente pago escalonado, ainda este ano. Foi acordada, na oportunidade, a criação de uma comissão paritária para que todas as reivindicações integrantes da pauta sejam analisadas em conjunto governo/categoria. E assim encerrou-se a reunião com o sindicato, acordado e compromissado com volta dos professores às salas de aula, de imediato.

Mas, até o momento o impasse sobre a decisão de greve continua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here