PM nega uso de bala de borracha em manifestação próxima do aeroporto de Salvador

0
475
28 de Abril de 2017 às 07:53 Por: Vagner Souza / BNews Por: Redação BNews
Na manhã desta sexta-feira (28), um grupo iniciou uma manifestação em Lauro de Freitas, por volta das 4h, e houve confronto com a polícia. Ao Bnews, uma representante do Sindicato dos Trabalhadores Municipais da Educação de Lauro de Freitas (ASPROLF), informou que policiais militares usaram bombas de gás para dispersar os trabalhadores. Ela afirmou também que uma mulher ficou ferida depois de ter sido “atingida por um artefato jogado por policiais”.
Em nota, a PM informou que um grupo tentou fechar a entrada Aeroporto Internacional de Salvador, mas “foi impedido pela atuação rápida da Polícia Militar”. Os policiais militares negociaram para que pessoas não perdessem o voo, mas como os “manifestantes não respeitaram os argumentos e resistiram em liberar a via a PM desobstruiu a via”.  Ainda de acordo com a PM, não houve disparo de elastômero (bala de borracha). Após nova negociação, os manifestantes concordaram em fazer bloqueios intercalados no local.
Já em Camaçari, após manifestantes utilizarem “miguelitos” (artefatos perfurantes) na Estrada da Cascalheira, os pneus de uma viatura do 12º Batalhão foram lascados. Manifestantes despejaram um caminhão de entulho na via bloqueando o tráfego, mas equipes do 12º BPM, que estão no local, desbloquearam a via.  Há também obstrução de via próxima a entrada do Hospital Geral de Camaçari com acompanhamento de equipes do 12º Batalhão.
Na região de acesso ao Porto de Aratu e na rotatória da Molisa em Candeias as vias foram obstruídas com caçambas de entulho. A PM permanece no local.
Em Salvador, na rua Direta do Uruguai, ao lado da Gerdau, manifestantes impedem a entrada e saída de funcionários de uma empresa de telecomunicações. Guarnições da 17ª CIPM acompanham neste momento a manifestação no local.
Por volta de 6h30 na região do Shopping da Bahia cerca de 100 pessoas bloquearam a via, no sentido Paralela, e equipes da 35ª CIPM acompanham o protesto.
Interior 
A BR-324 foi interditada no município de Feira de Santana, sob o viaduto Princesa do Sertão, e equipes da Polícia Rodoviária Federal conduzem a negociação para o desbloqueio da via, com apoio de equipes da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/ Rondesp Leste. No anel viário da entrada de Barreiras, na BR-135, um grupo de manifestantes bloqueou a via queimando pneus. A 83ª CIPM está no local negociando. A PMBA acompanha as manifestações em todo o estado durante todo o dia e atualizará as informações de forma periódica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here