Professores de Lauro de Freitas paralisam atividades por 48 horas

0
456

02Correio da Bahia  – EDUCAÇÃO

Eles reivindicam a contratação de mais professores para a rede municipal, e de melhoras estruturais nas escolas

Da Redação ([email protected])

02/03/2015 13:10:00 Atualizado em 02/03/2015 13:24:12

Cerca de 30 mil estudantes ficarão sem aulas nesta segunda-feira (2) e terça-feira (3) por conta de uma paralisação de 48 horas dos professores da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Uma assembléia na quarta-feira (4) irá decidir se a categoria irá decretar greve.

Professores de Lauro de Freitas paralisam as atividades por 48 horas
(Foto: Divulgação)

Eles reivindicam a contratação de mais professores para a rede municipal, e de melhoras estruturais nas escolas. De acordo com o Asprolf, um contrato com educadores Reda não foi renovado pela prefeitura de Lauro de Freitas, e diversas escolas estão com déficits de professores.

O corpo docente de duas escolas no bairro de Areia Branca era composto com 80% de Redas, enquanto 100% dos professores da creche municipal de Vilas de Atlântico também foram demitidos com a não renovação do contrato dos Redas.

A categoria irá se reunir na tarde desta segunda-feira (2) com o prefeito de Lauro de Freitas, Márcio Paiva, para negociar soluções que possam encerrar a paralisação dos professores no Centro Cultural de Portão. O movimento também realizará atos públicos hoje e amanhã, além da assembleia geral na quarta-feira (4).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here